Notícias

 

Implantação do Compliance no Crea-CE é tema de trabalho científico no CONTECC


24.08.2018



Serão realizadas na tarde desta sexta-feira (24) as apresentações orais dos trabalhos de agronomia, engenharia civil, engenharias elétrica, mecânica/metalúrgica e química nos salões Siriguela, Mangaba e Pitanga do Centro Cultural e de Exposições Ruth Cardoso. Já no salão Umbu, os estudantes e profissionais de agrimensura, geologia e minas farão as defesas de seus trabalhos científicos. Esse é o ponto alto do Congresso Técnico Científico – CONTECC – da 75ª Semana Oficial da Engenharia e Agronomia (SOEA), em Maceió.

Como de costume, estudantes e profissionais da área tecnológica no Ceará fizeram bonito. Eles são responsáveis por dezenas de projetos que fazem parte do CONTECC/2018. Trabalhos como “Vantagens Térmicas e Econômicas da Utilização do Reboco Interno de Gesso” da acadêmica de Engenharia Civil Themis Linhares de Aguiar, acadêmica de Engenharia Civil Giovanna de Araújo Carvalho e do mestre em Engenharia Civil Caio Sander Andrade Portela, todos da Universidade Vale do Acaraú, em Sobral, zona norte do Ceará. Da Universidade Federal do Cariri, assinado pelo discente do curso de Engenharia Civil Saulo Emanoel de Lima Brito e pelo professor assistente Erwin Ulises Lopez Palechor, veio o projeto “O Efeito da Excentricidade na Obtenção de Esforços em Longarinas de Pontes Utilizando o SAP 2000”. Esses foram dois dos muitos trabalhos científicos que deram orgulho, mais uma vez, à engenharia cearense no CONTECC desse ano.


Outro projeto foi construído a muitas mãos e está em fase de implantação no Crea-CE: “Compliance na Engenharia Brasileira: Um Caminho para a Criminalização do Exercício Ilegal da Profissão.” Numa análise geral, o Compliance trata do dever das empresas de promover uma cultura organizacional que dê ênfase a uma conduta ética que estimule a todo o seu corpo funcional a trabalhar sob a égide de uma legislação federal rigorosa e criteriosa de 2016. O superintendente do Crea-CE, engenheiro civil Jorge Luiz Rodrigues Cursino de Sena, o presidente do Crea-CE, engenheiro civil Emanuel Maia Mota e o tecnólogo ambiental Diego Cipriano Rabelo, tomaram como base de seus estudos o mapeamento de instrumentos jurídicos que permitiam a possibilidade de atuação legal dos profissionais abrangidos pelo Sistema Confea/Crea demonstrando a vulnerabilidade da exorbitância das atribuições. E do acobertamento profissional. O estudo realizado por Emanuel Mota, Jorge Sena e Diego Rabelo explorou a importância da Lei Anticorrupção  Brasileira para a reflexão do atual momento do País e “adoção de novas condutas nas empresas de engenharia, por meio de mudanças comportamentais e da implementação de um programa de Compliance”. O engenheiro civil Jorge Sena disse que está muito feliz com os resultados e as conclusões desse trabalho que deve mover, daqui para frente, as ações do Crea-CE.

Assessoria de Comunicação

Confira outras notícias do Crea-CE

11/08/2022

Crea-CE em Aracati

05/08/2021

Nota de Pesar

10/05/2021

Nota de Pesar

19/01/2021

Anuidade 2021

19/05/2020

LUTO NO MAGISTÉRIO

03/01/2020

Nota de Falecimento

02/01/2020

Aviso Importante

20/09/2019

DIVISORA DE ÁGUAS

17/09/2019

Medalha do Mérito

30/07/2019

Redes Sociais

08/03/2019

Mulheres fortes

01/03/2019

Piso Salarial

09/01/2019

Anuidade 2019

13/11/2018

Nota de Pesar

21/08/2018

Aberta a 75ª SOEA

14/08/2018

Prêmio IBEC

04/07/2018

Nota de Pesar

23/04/2018

PL 9818/2018

19/04/2018

NOTA DE PESAR

27/03/2018

NOTA TÉCNICA

01/03/2018

APP do Crea-CE

22/12/2017

Boas Festas!

14/11/2017

CONVITE

10/11/2017

A BEM DA VERDADE

27/12/2016

COMUNICADO

13/12/2016

Semana Tecnológica